zap

NAS TRILHAS DOS CINEMAS – Entre palácios e poeiras do centro

NAS TRILHAS DOS CINEMAS – Entre palácios e poeiras do centro

A primeira sessão de cinema do Brasil ocorreu no Rio de Janeiro em 8 de julho de 1896, sete meses depois de os irmãos Lumière inaugurarem a sétima arte em Paris. O Rio de Janeiro tornou-se desde então e até a década de 1950 a grande metrópole cinematográfica brasileira repleta de salas de exibição, sejam cinemas simples ou elegantes salas, palácios cinematográficos ou poeirinhas.


Nosso programa vai apresentar um pouco dessa história épica, desde os pioneiros salões de novidades de Paschoal Segretto até o apogeu da Cinelândia, cujas luzes coroavam de glória os céus do Centro do Rio. Vários dessas antigas e históricas salas de cinemas ainda estão de pé e serão reveladas em todo o seu antigo glamour. 


Algo a Mais Rio Experiência:

Os tours do Rio Experiência sempre têm uma surpresa agradável que faz a diferença. No caso de nosso walking tour pelos Cinemas, o nosso diferencial vai ser um arraso. Quem vier, verá.

INSCREVA-SE JÁ




Fotos


Pontos de Destaque do Passeio

  • Praça Tiradentes

    Poucos centros históricos brasileiros tem tanta importância na formação cultural brasileira como a Praça Tiradentes, possuindo em seu entorno ao longo da história teatros, academias de belas artes, cafés entre outros pontos de encontros culturais.

  • Teatro Municipal Carlos Gomes

    Construído em 1872, apenas em 1904 recebeu o nome de Carlos Gomes, em homenagem ao grande compositor brasileiro, autor de ‘O Guarani’ e em 1984 foi tombado como patrimônio histórico e cultural da cidade.

  • Cine Ideal

    Inaugurado em 1909, o Ideal ficava localizado na rua da Carioca que ficava intransitável pela quantidade de pessoas que se amontoava em frente aos cinemas na hora da exibição.

  • Cine Íris

    Inaugurado em 1909, é um dos mais antigos cinemas em operação no Rio de Janeiro. Projetado pelo engenheiro Paulo de Frontin é um dos poucos prédios em estilo art nouveau da cidade.

  • Rua da Carioca

    Uma das ruas mais antigas e representativas da cidade, a rua da Carioca, no Centro, que traz no seu nome, desde 1848, por deliberação da Câmara Municipal da Corte, a denominação daqueles que nascem na cidade.

  • Cinelândia

    Seu nome real é Praça Marechal Floriano, porém desde a década de 20, a região é assim chamada por ter concentrado as melhores salas de cinema do Rio. O nome popularizou-se ainda mais a partir dos anos 30, com as dezenas de teatros, boates, bares e restaurantes que se instalaram na região, tornando-a referência de diversão popular.

  • Cine Odeon

    Inaugurado em 1926, o Cine Odeon é um dos últimos cinemas de rua da cidade do Rio de Janeiro. Pioneiro e único do polo cinematográfico criado na Cinelândia ainda em atividade. Após a reformulação promovida pelo Grupo Severiano Ribeiro, reabriu em 2015 sob um novo formato: ODEON CENTRO CULTURAL SEVERIANO RIBEIRO, e além de filmes, passou a oferecer mostras, exposições, eventos musicais, cursos, espetáculos, palestras e eventos diversos ligados à cultura.

  • Teatro Riachuelo

    Ponto de encontro de artistas, intelectuais e políticos, frequentado por milhares de pessoas ao longo de sua existência, o prédio foi construído no século XIX. Inaugurou, em 1890, como Cassino Nacional Brasileiro e logo passou a ser chamado de Cassino Nacional, em 1901.


O que levar

    • Mochila ou bolsa com garrafa d'agua e alimentos leves pois não teremos parada para alimentação.
    • Calçados ou tênis bem confortáveis para a caminhada.
    • Bonés ou chapéus de praia são recomendáveis por causa do sol.
    • Protetor solar